Doença de Cachorro – Câncer

1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas6 estrelas7 estrelas8 estrelas9 estrelas10 estrelas (1 votos, média: 10,00 de 10)

O Câncer é uma doença que pode ser mortal. Trata-se da proliferação desordenada de células causando danos ao funcionamento dos órgãos. O local mais comum que a doença atinge é o pulmão. Geralmente aparece em animais mais velhos e determinadas raças são mais acometidas que outras. 

Nem todo o tumor detectado no animal é câncer, porém os benignos devem ser retirados para não virem a se tornar malignos. Uma vez que detectada a doença, pode ocorrer metástase, ou seja, uma célula do tecido ou órgão doente se instala e multiplica em outros órgãos através da corrente sangüínea.

     





Os sinais do câncer variam com o tipo de tumor, mas o mais comum é a perda repentina de peso. Não há como prevenir e o diagnóstico é feito através da retirada e análise da massa tumoral, o que chamamos de biópsia. Também pode-se fazer exames de raio X, ultra-sonografia e exames de sangue.

No caso de ser detectado nas fases iniciais, o câncer no animal pode ser tratado e o tumor retirado cirurgicamente antes de ocorrer a metástase. O tratamento depende do tipo de tumor e do estágio da sua evolução. Pode ser tratado com medicamentos ou cirurgia. Em alguns casos se usa radioterapia ou quimioterapia.


Participe! Deixe um comentário sobre esta matéria.

Comentários

  1. ola!
    tenho uma cachorra, poodle, ela tem 2 tumores grandes…
    uma na cabeca e outro na mama, e estao grandes,fui a veterinaria, a mesma falou, q pode operar mas.. q nao me garante se ela ir[a sobreviver pq ja tem 11 anos.
    tenho medo de pagar um vlor tao alto…
    nem e por causa do vlor mas.. sim em ela ficar em uma mesa de cirurgia e nao sobreviver….
    tem muitos cachorros.. mas… ela e meu docinho…a bb da casa…

    sinceramente nao sei o q fazer…

  2. Tricia escreveu:

    @juliana
    Olá Juliana, minha cachorra estav com 13 anos quando operou um outro tumor na mama, ela se recuperou super bem, mas pela idade calculei que não fosse viver mais muito tempo. Ela operou no início de dezembro de 2009, mas em março de 2010 ela começou a andar diferente, ficar diferente, sabia que poderia ser o fim. Mudei alimentação, e nos dias de calor ela ficava com ventilador de modo a mantê-la fresca ou uma cobetta nos dias frios. Foi aí que percebi outros nódulos aparecendo pelo resto do corpo, principalmente na altura dos pulmões.Fique desesperada pois sabia que ela não aguentaria outra cirurgia ou quimioterapia (desde a cirurgia de dezembro), estava disposta a pagar para que ela não sofresse, mas pagar pra quem? Ela sobreviveu por mais um mês, até 8 de abril. No entardecer do dia 8 já tinha percebido que ela estava em estado de choque, mas não sei dizer se ela sentia dor, ela não uivava, fazia um som igual ao ronronar de gatos. Ela morreu sozinha, eu só queria ter estado lá com ela. Ela já não levantava nem mesmo pra comer. Eu só queria que ela não sofresse, ou pelo menos não muito. Não posso mudar nada do que se passou, viver com essa culpa é fácil, díficil é realmente não poder mudar.

  3. Tricia escreveu:

    @juliana
    O nome dela era Pandora. Ela era muito especial mesmo e eu a amo muito.

  4. carine rodrigues escreveu:

    olá tenho uma cachorra da raça pit bull ,e de uns temos pra ela havia aparecido com um carosso proximo da mama que era pequeno e ele começou a crescer conversei com um veterinario e ele disse que poderia ser um tumor ela iria pra o veterinario no 07/06/2010 la o veterinario analisará se e realmente o tumor se dá ou não para ser feito uma cirurgia mais tenho medo que possa ser grave de mais e ela acabar sendo sacrificada pois tenho ela como uma filha..

  5. ola
    minha cachorra apresenta esses sinais mais esta sem comera 3 dias e começa desetratar a ciruguia talvez sera marcada tambem pode ser lequitospirose

  6. 05/10/2010 meu cachorro a dois meses apresentou um carroco na parte superior da fase. comecei a dar um remedio amoxilina porque pensei que ele tinha batido a cabeca em algum lugar . o caroco foi crecendo muito que tive que levar ao medico . o medico disse que era um tumor ele fez uma radiografia e acusou , medico disse que nao tinha mas jeito men caso de cirugia. passou um remedio para ele cloridrato de tramadol de 50ml.o tumor tem cura

  7. olá, tenho uma cadela vira lata há algum tempo percebi q havia um buraco proximo a mama dela, ele foi se desevolvendo rapidamente, aquilo se tornou uma ferida. levamos ao veterinario o mesmo disse q se tratava de varios tumores, a cirurgia foi feita, todas as mamas foram retiradas.Mas hj ela nao se sente bem novamente suas patas traseiras incharam e percebemos q ela sente muita dor… oq nos é fazer o tratamento correto e esperar q ela melhore logo…..

  8. eliane maria da silva escreveu:

    tenho uma cachorra pity bull com8 anos ainda nao teve cruza e ja apareçeu alguns caroços em suas mamas estou muito preocupada preçizo uegente de ajuda o que devo fazer

  9. Erika escreveu:

    @edna
    Edna, e seu cachorro melhorou? O tumor reduziu? Minha cadela está com um tumor na lateral da face também, e queria saber como tratar.

    Obrigada!

  10. Olá, meu cachorrinho apareceu de um dia para o outro com uma bola crescendo no lado do rosto. Cresceu muito rápido, em questão de 2 dias.
    O que pode ser isso?

  11. Minha cachorra está com uns nódulos proximo a mama .Teve febre ,não esta se alimentando .Não sei oq fazer no periodo de festas esta tudo fechado .Espero que ela aguente até a segunda feira para eu procurar ajuda.

  12. Bom dia tenho um cão da raça coker, ja esta comigo a mais ou menos 8 anos, encontramos ele na rua e ele ja era adulto, por isso acredito que seja bem velho ja. a alguns meses percebemos umas verrugas nele, mas elas começaram a crescer, uma fica perto do anus e a outra perto do pênis, é tipo um, pedaço de carne avermelhado que cresceu, o que pode ser? imagino que deve incomoda-lo pois ele fica lambendo o tempo todo, o que causa um mau cheiro, será que pode ser algum tipo de tumor?

Quer realizar um comentário?

*





RSS RSS (comentáos)