Cuidado com cães pequenos! Eles podem ser ferozes!



  

Qual a raça de cachorro mais violenta que existe? Aquela mais traiçoeira, capaz de atacar os próprios donos? Pitbull? Rottweiler? Pastor Alemão?

Esqueça. Cães grandes, treinados para ser agressivos e reagir violentamente à presença de estranhos são bastante calmos. Perigosos mesmo são os cães pequenos.





Uma pesquisa da Universidade da Pensilvânia revelou que o dachsund, o famoso salsicha, é o cão mais perigoso do mundo. Um em cada 12 já atacou seu próprio dono. Excessão? Não, de jeito nenhum. O segundo lugar da lista é o minúsculo chihuahua. E o terceiro é o também pequeno Jack Russell Terrier.

Justiça seja feita aos pequeninos, pois a partir da quarta posição começam a aparecer cães grandes: Akita é o quarto, Pastor Australiano é o quinto e o temido Pit bull vem na sexta posição.

Explicação para isso? Bom, a lista está um tanto equilibrada. Existem correntes que argumentam que cães pequenos teriam que brigar mais para obter seu alimento ou se defender de predadores, em eras remotas, daí sua maior agressividade. Já cães grandes que são ferozes… são simplesmente treinados e selecionados para serem assim.



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *