Facilmente contraída, a verminose se mostra um verdadeiro vilão para seus pet, sua ação sigilosa aliado a sua ausência de sintomas nos primeiros períodos de infecção dificultam seu tratamento preventivo.

Essa doença possui diversos veículos de contaminação, desde alimentação com restos de carnes cruas e infectadas, ao permitir que seu pet explore o lixo de sua casa, com água imprópria para consumo e ou até mesmo no contato com outros animais que estejam infectados.

É interessante salientar que esta doença não ataca somente cães já debilitados e não raramente cachorros saudáveis possuem vermes em quantidades que naquele momento não apresentam riscos para a saúde do animal. Portanto é imprescindível manter atualizada a carteira de vacinação do seu animal. Além de manter em dia a vermifugação do seu cachorro: é ideal que mensalmente seu cão consuma algum tipo de vermífugo. A ingestão pode ser dar através de pílulas misturadas na comida ou até mesmo diretamente ao animal.

Talvez a maior dificuldade em erradicar esta doença esteja na desatenção por parte dos donos sobre esta doença, ainda mais em um país em que a maioria dos criadores trata os cachorros como bichos selvagens.

Veterinários alertam que os vermes são encontrados não somente no estômago, mas também nos pulmões, rins, fígado e até no coração, portanto para garantir a saúde do seu animal de estimação não se esqueça de vermifugá-lo com frequência. Dê atenção redobrada aos filhotes, que são muito mais sensíveis a esta contaminação.

Por Fernando Setoue


A fêmea permanece na fase de gestação por 60 dias aproximadamente – variando de 58 a 62 dias. Após o acasalamento, pode-se perceber se a cadela está prenha ou não apalpando sua barriga a partir do 30º dia. Os indícios da nova ninhada altera o comportamento da fêmea, ela fica mais faminta e mais agitada.

Nesta fase orienta-se dar cálcio para a nova mamãe, sob orientação de um veterinário, a aproximadamente 15 dias antes do parto para não ocorrer complicações neste momento pela falta do mesmo.

Sua alimentação deverá ser balanceada, porém em quantidades maiores, podendo ser proporcionada a gestante canina ração de filhote, que apresenta grande proporção de cálcio. Os banhos podem ser dados até 1 semana antes do parto, mas se a cadela ficar muito agitada é indicado diminuir a sua freqüência.

Chegando a grande hora a fêmea por instinto natural, saberá como agir, porém se for apresentada alguma complicação, ela deverá ser levada imediatamente a um veterinário.


A Honda inovou e criou um carro que tem uma acomodação só para o melhor amigo do homem. O novo Honda Element tem um sistema projetado especialmente para deixar os cães com segurança e conforto dentro do carro.

O sistema foi feito para o que o cão não incomode o dono durante a viagem e, no caso de uma colisão frontal, ele diminui o risco de ferimentos tanto dos passageiros humanos como do cão. Além de contar com um assoalho macio, que não machuca as patas, o acessório tem bebedouro, ventilador, uma rampa que auxilia a entrada e saída do pet, entre outros.

O preço de lançamento do sistema no novo Honda Element é de US$ 995, cerca de R$ 1.750,00.

Por Levi Rocha





CONTINUE NAVEGANDO: