Cachorros podem pegar e transmitir coronavírus?



Há registro de cão com coronavírus, mas ainda não há estudos que comprovem a transmissão

Cachorros podem pegar ou transmitir o novo coronavírus?

Desde que surgiram os primeiros casos do novo coronavírus, muito se especulou sobre a possibilidade de cachorros e gatos pegarem ou transmitirem a doença. Mas então, seu pet pode ser contaminado ou transmitir a Covid-19? Acompanhe a matéria e tire suas dúvidas!



Na última segunda-feira (22), o Hypeness divulgou uma reportagem cuja chamada foi "caso de Covid-19 é confirmado pelo Departamento de Agricultura nos Estados Unidos". Isso trouxe muita preocupação aos leitores e, principalmente o alerta de ocorrer abandono dos pets.

Foi constatado que cães realmente podem ser infectados pelo novo coronavírus, porém, raramente desenvolvem sintomas e nenhum caso de morte foi registrado até o momento.



O que diz o Departamento de Agricultura dos EUA

De acordo com o Departamento de Agricultura dos EUA, está comprovado que além dos cães, gatos também podem ser infectados com a doença. Mas, não há estudos que comprovem que eles podem ser vetores da doença.

Conforme informações de Fernando Zacchi, médico-veterinário e assessor técnico da presidência do Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV), os casos são isolados e esses animais não representam risco de infecção significativa e nem podem transmitir o novo coronavírus.

Estudos estão sendo feitos na China

Alguns estudos foram iniciados com gatos em Wuhan, na China. Já no zoológico de Nova York, foi confirmado um caso da doença em um tigre. Posteriormente, um cão também teria sido infectado. A grande preocupação dos especialistas é em relação aos testes que podem levar a desinformação.

Cristiano Nicomedes, presidente da Associação Brasileira de Clínicos de Felinos, fez um comunicado ao Conselho Federal de Medicina Veterinária CFMV, informando que, a validade dos testes de Sars-CoV-2 em animais gere muita controvérsia, pois saber que o pet no estágio de conhecimento atual, não é uma informação muito útil.

Portanto, CDC (Centre for Disease Control ou Centro de Controle de Doenças) dos EUA, confirmou que de acordo com as pesquisas e informações obtidas até o momento, não existe nenhuma evidência de que esses animais podem ser transmissores do novo coronavírus. Além de, esses animais raramente desenvolverem os sintomas, ficarem em estado grave e também não foi registrada nenhuma morte.

Há muitas informações não validadas pela ciência que podem gerar um número absurdo de abandono de animais, o que seria catastrófico. Portanto, não há necessidade de entrar em pânico e tampouco de isolar ou até mesmo abandonar o seu bichinho de estimação. Não existe comprovação de que cães e gatos transmitem a Covid-19.

Cuidados com o seu pet

Os pets sempre foram companhia especiais para nós e, agora em tempos de coronavírus, com a quarentena, eles se tornaram ainda mais companheiros para nós.

Apesar dos cães não serem transmissores da doença, é importante reforçar os cuidados com a higienização ao levá-los para passear.

É preciso higienizar a coleira, roupinhas as patas ou qualquer acessório que o pet estiver usando. Sobretudo, tentar evitar que outras pessoas acaricie o bichinho.

Caso uma pessoa contaminada passe a mão no pet ou segure a sua coleira, há risco de contágio. Se essa pessoa estiver sem máscara, espirrar e as gotículas caírem no pelo e alguém passar a mão nessa região, estará em contato com o vírus e pode se contagiar.

O ideal é manter o pet em casa, mas se não for possível, opte por passeios mais curtos. Afinal, um cão que está acostumado a passeios diários sentirá muita diferença na rotina e até poderá sofrer situações de estresse e depressão.

Então, evite parar para conversar e quando chegar em casa, lave bem a coleira, roupinhas, acessórios e as patas do pet com água e sabão.

E claro, também não esqueça da sua higienização, que é fundamental para manter a sua segurança e da sua família.

Texto de Erika Balbino

Passeando com cachorro de máscara

Próximo Post

Não há mais posts

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *