Os cães são selecionados desde filhotes para trabalhar na corporação. Necessitam ser curiosos, dóceis e brincalhões para estarem aptos a trabalhar com o corpo de bombeiros, então quando feita a seleção dos filhotes são realizadas avaliações para verificar se possuem tais características.

Os treinos são diários e visam aguçar sua inteligencia e sentidos. As raças mais utilizadas são os labradores e pastores belgas de malinois, por possuírem facilidade em seu trato e serem muito dedicados. Após selecionados , ganham seu próprio treinador que o acompanha-rá até sua aposentadoria. Nos primeiros dois anos o cão é treinado para obedecer comandos básicos e a procurar pessoas, entre um ano e meio de idade e dois anos estará apto a executar suas funções.

O ‘cão-bombeiro’ é aposentado quando atinge os 8 anos de idade – curiosidade: equivalente a 48 anos do homem – e normalmente é doado para o treinador que o acompanhou em toda sua jornada.





CONTINUE NAVEGANDO: